Repertório

Um dos pontos fortes das nossas apresentações é nosso repertório, rico em qualidade e variedade que fez do G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira, uma escola reconhecida em todo mundo como uma das agremiações que mais produziram compositores e sambas de altíssimo nível, através de seus eternos poetas, como Cartola, Nelson Cavaquinho, Carlos Cachaça, Zagaia, Geraldo da Pedra, Padeirinho, Xangô, Nelson Sargento, Jurandir, Hélio Turco, e tantos outros.

De acordo com o tipo de apresentação, seja num SHOW ou na RODA de SAMBA, “Exaltação a Mangueira”, “Capital do samba”, “Mangueira chegou”, “A mais querida”, “Jequitibá do samba”, “Sempre Mangueira”, “Quem chegou foi a Mangueira” e “Fala Mangueira” são alguns sambas de "exaltação" mais solicitados, que encanta, emociona e empolga a todos que nos assistem.

Outros sambas de enredo como “O mundo encantado de Monteiro Lobato”, “Lendas do Abaeté”, “Tem Capoeira”, “No reino da mãe do ouro”, “Verde que te quero rosa”, “Yes, nós temos Braguinha”, “Abram alas que eu quero passar”, “Caymmi”, “No reino das palavras”, “100 anos de liberdade”, “Chico Buarque da Mangueira” entre outros clássicos, estão presentes neste vasto repertório que ainda homenageia as escolas co-irmãs cantando sambas que ficaram na história e de outros mestres do samba como Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Roberto Ribeiro, entre tantos outros. Tudo isso no ritmo quente da Velha Guarda Show da Bateria da Mangueira.